FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Domingo, 19.11.17 | 14h09
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Lusitano 2017 - DVDay
Lusitano 2017 - DVDay
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


CONCURSOS HFAR HFAR - Informação aos Utentes

Força Nacional Destacada termina participação na operação MINUSMA – Mali


1-06-2017

O Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, acompanhado pelo Ministro da Defesa, pelo Chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas e pelos Chefes de Estado-Maior dos Ramos, receberam a Força Nacional Destacada em missão no Mali, na Base Aérea nº 6 no Montijo em 31 de maio.

A Força Nacional Destacada que integrou a operação MINUSMA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization in Mali) regressou a Portugal no dia 28 de maio, após seis meses de missão ao serviço das Nações Unidas (desde o dia 29 de novembro de 2016).

O destacamento português no Mali foi constituído por 60 militares e uma aeronave C-130H da Força Aérea e por seis militares do Exército. Ao longo da operação, tiveram lugar quatro rotações de pessoal, envolvendo um total de 193 militares.

A operar a partir do "Campo Bifrost", em Bamako, a aeronave da Esquadra 501 - "Bisontes" foi fundamental, principalmente em missões civis, no transportes de pessoas (algumas delas feridas) e de carga.

Recorda-se que a MINUSMA tinha como grandes objetivos garantir a segurança, a estabilização e a proteção dos civis, bem como as condições necessárias para a reconciliação e diálogo político nacionais. Com esta operação, as Nações Unidas procuraram prestar assistência ao restabelecimento da autoridade do Estado, à reconstrução do sector da segurança e à promoção e proteção dos direitos humanos nesse país.

Top