FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Quinta-feira, 14.12.17 | 05h55
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Lusitano 2017 - DVDay
Lusitano 2017 - DVDay
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


700 Anos da Marinha FACEBOOK Oficial

GENERAL PINA MONTEIRO PARTICIPA EM CONFERÊNCIA INÉDITA NAS NAÇÕES UNIDAS


30-03-2015

 

      O Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), General Artur Pina Monteiro participou, no dia 27 de março de 2015, na primeira conferência de Chefes Militares, na sede das Nações Unidas, Nova Iorque, a convite do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki Moon.

      Estiveram presentes 426 militares de 120 nações, 107 dos quais eram chefes militares.

      O secretário-geral da Organização das Nações Unidas afirmou na intervenção inicial, que a organização está em processo de mudança devido à atual situação internacional e que as novas ameaças à paz constituem um verdadeiro desafio ao empenhamento das Forças Armadas de todo o mundo, sendo necessário aumentar a contribuição e a rapidez de projeção dos meios militares na resolução dos vários conflitos, estando ciente que esta questão passa pela vontade e decisão política dos Estados. Referiu ainda que estão a decorrer 16 operações de manutenção de paz lideradas pelas Nações Unidas, onde participam cerca de 130.000 militares, policias e civis de várias nações.

      No final da conferência, o General CEMGFA, foi convidado a dar uma entrevista à Rádio ONU onde referiu que o evento inédito é um "momento histórico" e "muito necessário", que traduz o reconhecimento da importância das Forças Armadas na condução das operações de apoio à paz, sob a égide das Nações Unidas, que apresentam hoje maiores riscos, exigindo por isso novos requisitos para as forças militares.

      Ainda durante a estada em Nova Iorque, o General Pina Monteiro teve oportunidade de ser recebido em audiência pelo Embaixador de Portugal junto das Nações Unidas, Embaixador Mendonça e Moura.

      No quadro das Nações Unidas, Portugal participa atualmente no Mali, com uma aeronave C-130H e 45 militares; no Afeganistão, onde tem desde 2008 um militar no cargo de conselheiro militar; e na Guiné-Bissau, onde participa com um militar.

      Desde 1991 até à atualidade, participaram em missões das Nações Unidas cerca de 9500 militares portugueses.

 

 

Intervenção do Secretário Geral das NU em PDF

 (Texto e imagens editadas pelo GABCEMGFA)

Top