FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Terça-feira, 12.12.17 | 01h00
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Lusitano 2017 - DVDay
Lusitano 2017 - DVDay
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


700 Anos da Marinha FACEBOOK Oficial

CONTINGENTE MILITAR PORTUGUÊS NA ROMÉNIA TERMINA PARTICIPAÇÃO NA OPERAÇÃO FALCON DEFENCE 15


2-07-2015

A participação da Força Nacional Destacada (FND) na Roménia na Operação Falcon Defence 15 (OFD15), inserida no contexto das medidas de tranquilização da NATO, terminou às 23h59 (horas da Roménia) do dia 30 de junho de 2015.

 

Na cerimónia do arriar da Bandeira de Portugal, o Comandante da Base Aérea de Câmpia Turzii - Coronel Oatu Marius - expressou o seu agrado pela excelente cooperação desenvolvida entre a Força Aérea Portuguesa e a Força Aérea Romena, felicitando os militares portugueses pela sua flexibilidade e capacidade de adaptação. 

  

O Comandante da FND - Tenente-Coronel João "Jack" Raimundo - agradeceu o apoio prestado pela Força Aérea Romena e enalteceu as excelentes relações existentes entre os dois países.

Aproveitou ainda para desejar a melhor das sortes à Força Aérea Romena com a aeronave F-16 (a Roménia estará - em breve - equipada com estas aeronaves, fruto de um acordo bilateral com Portugal), classificando-a como a "melhor aeronave de combate jamais construída até ao momento".

  

A FND, a operar desde o dia 04 de maio na Base Aérea de Câmpia Turzii, Roménia, realizou operações aéreas que resultaram de um programa coerente, sustentável e visível, partilhado por todos os Estados-membros da NATO, como resposta ao clima de instabilidade vivido na região.

 O destacamento nacional realizou ainda missões com a Força Aérea Romena, durante os dois meses de destacamento, com o intuito de treinar a defesa da integridade do espaço aéreo NATO, adquirindo e reforçando desta forma, o conhecimento operacional.

O contingente português foi constituído - para além de quatro aeronaves F-16 Fighting Falcon - por noventa militares da Força Aérea Portuguesa das áreas de operações, manutenção, logística, finanças, segurança, comunicações e sistemas de informação e relações públicas.

 

 

(Texto e imagens editadas pelo GABCEMGFA)

Top