FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Terça-feira, 12.12.17 | 00h58
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Lusitano 2017 - DVDay
Lusitano 2017 - DVDay
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


700 Anos da Marinha FACEBOOK Oficial

NOBRE CASA DE CIDADANIA HOMENAGEIA MAIS QUATRO CIDADÃOS PORTUGUESES PELA PRÁTICA DE ATOS NOBRES


8-07-2015

 

1ª Cerimónia de Atribuição de Louvores 2015

Helena, Maria, Diana e Carlos, nomes comuns mas que pertencem a pessoas extraordinárias. Pessoas corajosas como a Maria e o Carlos, que arriscaram a sua vida para salvar uma outra, ou pessoas determinadas e generosas, como a Diana e a Helena, que dedicam a sua vida aos outros através de Associações por elas criadas.

Mais quatro cidadãos que se juntam aos 36 já homenageados e cujas histórias têm contribuído para cumprir os objetivos da Nobre Casa de Cidadania, de reconhecer e homenagear cidadãos autores de Atos Nobres e, através desses exemplos, estimular e motivar à Cidadania, contribuindo para a melhoria cívica do indivíduo e da sociedade.

Na cerimónia realizada no passado dia 4 de julho, no Aquartelamento do Comando da Brigada de Intervenção do Exército, em Coimbra, a Nobre Casa de Cidadania reuniu, além dos cidadãos e das suas famílias, alguns representantes Conselho Institucional, como o Estado Maior General das Forças Armadas, o Corpo Nacional de Escutas e a Direção Geral de Educação.

A Nobre Casa de Cidadania nasceu em maio de 2013 e, em dois anos, já reconheceu e homenageou 40 cidadãos, que se destacaram pela prática dos mais diversos Atos Nobres, contribuindo de forma ativa para retirar do anonimato estes cidadãos e as suas histórias.

Recorde-se que a seleção dos atos e cidadãos a agraciar é realizada pelo Conselho Institucional da Nobre Casa de Cidadania, formado pela Autoridade Nacional para a Proteção Civil, o Corpo Nacional de Escutas, a Direção Geral de Educação, o Estado-Maior General das Forças Armadas, a Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, a Fundação para a Ciência e Tecnologia, a GRACE, o INEM, a Liga dos Bombeiros Portugueses, a Plataforma Portuguesa das ONGs para o Desenvolvimento e a Polícia de Segurança Pública.

 

Descubra os Atos Nobre de cada um dos agraciados da última Cerimónia de Atribuição de Louvores da Nobre Casa de Cidadania:

#1 Helena Pereira

(...) pela autoria do Ato Nobre de promover a integração na sociedade de pessoas em risco, como pessoas sem-abrigo, mulheres que viviam da prostituição ou crianças desfavorecidas, facilitando-lhes o acesso a alimentação e vestuário. Proporciona-lhes ainda formação e acesso a atividades lúdicas, muito úteis para o regresso à vida ativa. Uma atividade que desenvolve na qualidade de Presidente da Associação Integrar e que demonstra humanismo e dedicação cívica.

#2 Maria Correia

(...) pela autoria do Ato Nobre de ter salvado uma criança que se encontrava em risco de morrer afogada, no agitado mar da Praia da Memória, em Leça da Palmeira. Um Ato Nobre que demonstra a coragem e abnegação desta cidadã que colocou a sua própria vida em risco para salvar outra.

#3 Diana Vasconcelos

(...) pela autoria do Ato Nobre de lutar pela dignidade de centenas de crianças residentes na maior favela do mundo, na Kibera, Quénia, que vivem em extrema precariedade, sem habitações dignas e sem condições de higiene. Fá-lo na qualidade de fundadora da ONG Há ir e Voltar, que promove o apadrinhamento de crianças, no sentido de lhes proporcionar refeições nutritivas e todo o material escolar de que precisam. Um Ato Nobre que demonstra desprendimento, humanismo e generosidade.

#4 Carlos Pereira

(...) pela autoria do Ato Nobre de ter evitado que uma criança de três anos morresse afogada num lago abandonado, coberto de folhas, limos e algas verdes, que o confundiam com a vegetação circundante, na ilha de S. Jorge, nos Açores. O Ato Nobre decorreu no dia 24 de julho de 2010 e demonstra coragem e abnegação.

 

Para mais informações, por favor contactar:

GCI | Rita Rousseau

E-mail: rrousseau@gci.pt

Tel.: 93 285 74 78

(Texto e Imagens editadas pelo GABCEMGFA)

 

 

Top