FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Terça-feira, 12.12.17 | 00h59
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Lusitano 2017 - DVDay
Lusitano 2017 - DVDay
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


700 Anos da Marinha FACEBOOK Oficial

TRIDENT JUNCTURE 2015 - COMEÇOU O MAIOR EXERCÍCIO NATO DA DÉCADA


6-10-2015

A primeira fase do exercício da NATO - Trident Juncture 2015, teve início em Portugal, no dia 03 de outubro no Regimento de Infantaria N.º 1, em Beja e conta com a participação de militares do Comando e Estado-Maior do Joint Logistic Suport Group (JLSG) e do Forward Element do Joint Force Command Brunssum.

Nesta fase do Trident Juncture 2015 (TRJE15), que se prolonga até dia 16 de outubro e que conta com a participação em Portugal de cerca de 200 militares de várias nações da Aliança, é realizado um exercício de postos de comando (em inglês: Command Post Exercise - CPX) cujo objetivo é a certificação da NATO Response Force 16 (NRF16) e do Staff do Quartel-general do NATO Joint Force Command Brunssum (JFCBS).

A segunda fase do Trident Juncture 2015 vai ter lugar de 21 de outubro a 6 de novembro, tendo como objetivo o treino tático das diversas unidades complementando a sua certificação, e dos Comandos de Componente da NRF16.

Em Portugal, o exercício militar de grande visibilidade vai decorrer nas zonas de Beja, Santa Margarida, Tróia e Setúbal e contará no terreno com mais de 10 mil efetivos de 14 países participantes.TRIDENT JUNCTURE 2015

Este é o maior exercício da história recente da NATO, pós Guerra Fria, e o evento de maior visibilidade realizado em 2015, envolvendo toda a estrutura de Comando da Aliança e contando com a participação de cerca de 36.000 pessoas, de mais de 30 países da Aliança e Parceiros.

É organizado com o apoio de 3 nações hospedeiras: Itália, Espanha e Portugal, havendo ligação com outros exercícios que serão conduzidos na Bélgica, Canadá, Alemanha, Holanda, Noruega e, no mar, no Oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo.

O objetivo principal do exercício é demonstrar a capacidade da NATO em planear, gerar, preparar, projetar e sustentar forças e meios atribuídos.

 

 (Texto e imagens editadas pelo GABCEMGFA)

Top