FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Segunda-feira, 11.12.17 | 20h55
A A A  Imprimir Imprimir
Categoriasheader
» NATO - Iraque
 
» UE - TChad
 
» NATO - SNMG1 (Standing NATO Maritime Group 1)
 
» ONU - UNIFIL (United Nations Interim Force in Lebanon)
 
» UE - GUINÉ-BISSAU
 
» ONU - UNMIT (United Nations Integrated Mission in Timor-Leste)
 
» UE - ATALANTA - P3ORION
 
» NATO - OCEAN SHIELD
 
» UNIFIED PROTECTOR
 
» UE - EUFOR ALTHEA BiH (Bósnia-Herzegovina)
 
» UE - EUSEC RDCONGO
 
» ONU - UNMIK (United Nations Interim Administration Mission in Kosovo)
 
» NATO - ICELAND AIR POLICING
 
» NATO - BALTICS AIR POLICING
 
» NAM (NATO Assurance Measures) - ROMÉNIA
 
» NATO - International Security Assistance Force - ISAF
 
» ONU - MINUSCA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in the Central African Republic)
 
» ONU - UNMCOL (United Nations Mission in Colombia)
 
» NATO - OSG (Operation Sea Guardian)
 
» NATO - OAE (Operation Active Endeavour)
 
» NAM (NATO Assurance Measures) - LITUÂNIA
 
» NATO - KFOR (Kosovo Force)
 
» NATO - RSM (Resolute Support Mission) Afeganistão
 
» ONU - UNAMA (United Nations Assistance Mission in Afghanistan)
 
» ONU - MINUSMA (United Nations Assistance Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali)
 
» EU - EUNAVFOR ATALANTA (European Naval Force Somalia)
 
» EU - EUTM SOMALIA (European Union military mission to contribute to the training of Somali security forces)
 
» EU - EUTM RCA (European Union Training Mission - República Centro-Africana RCA)
 
» EU - EUTM MALI (European Union Training Mission in Mali)
 
» EU - EUNAVFOR MED - European Union Military Operation in the Southern Central Mediterranean
 
» EU - FRONTEX - Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia
 
» NAM (NATO Assurance Measures) - LITUÂNIA
 
» Combined Joint Task Force - OPERATION INHERENT RESOLVE (CJTF OIR) - Iraque
 
Lusitano 2017 - DVDay
Lusitano 2017 - DVDay
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


700 Anos da Marinha FACEBOOK Oficial

ONU - UNMCOL (United Nations Mission in Colombia)


UNMISSIONCOLOMBIA_BANNER - 1879

Missão das Nações Unidas na Colômbia

O Conselho de Segurança aprovou, por unanimidade, a resolução 2261, de 25 de janeiro de 2016, para estabelecer uma missão política de observadores internacionais desarmados para verificar o estabelecimento da paz e fazer parte do mecanismo tripartido que irá verificar o cessar das hostilidades, após a assinatura de um acordo de paz.

A aprovação rápida e unânime do pedido de apoio do Conselho de Segurança da Colômbia demonstra a determinação das Nações Unidas em ajudar o processo de paz a ter êxito.

A 9 de março de 2016, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, anunciou a nomeação de Jean Arnault, da França, como seu Representante Especial e Chefe da Missão das Nações Unidas na Colômbia.

Conforme solicitado pela resolução 2261 do Conselho de Segurança, a Missão das Nações Unidas na Colômbia decorre, tanto na sede da ONU como na Colômbia, sob um planeamento em três fases:

Fase 1: Estabelece a sede da Missão em Bogotá e avalia as condições nos oito locais identificados pelas partes para os polos regionais, onde a Missão terá escritórios regionais. Uma equipa avançada da Missão, efetua um planeamento preparatório para realização das atividades do mandato.

Fase 2: O objetivo é colocar a Missão pronta para operar ao nível local, juntamente com os representantes do Governo da Colômbia e das FARC-EP. A forma como se realiza o cessar-fogo e o depor das armas esteve em negociação entre as partes em Havana.

Fase 3: Esta fase final do arranque da Missão inclui o envio de todos os observadores das Nações Unidas e a plena operacionalização do Mecanismo Tripartido de Monitorização e Verificação. De acordo com a resolução 2261 do Conselho de Segurança, as atividades de monitorização e verificação da Missão começarão após a assinatura do Acordo de Paz Final.

Governo da Colômbia, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército Popular (FARC-EP) e a Missão das Nações Unidas, destacaram a sessão como "histórica", com a reunião de oficiais colombianos e combatentes das FARC-EP, após 50 anos de conflito, para estabelecer os métodos de formação dos delegados de apoio á Missão da ONU, que formam o mecanismo tripartido de verificação e monitorização.

O estabelecimento dos contornos para a formação é um passo importante para a construção de uma paz estável e duradoura. Não só marca o início dos acordos alcançados em Havana, mas também marca o compromisso total das partes, com um mecanismo de monitorização e verificação robusto e transparente, para dar garantias totais a todos os colombianos.

PARTICIPAÇÃO NACIONAL

 

 

SITE OFICIAL DA MISSÃO