Ministério da DefesaMapa das MissõesLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Quarta-feira, 18.10.17 | 04h53
A A A  Imprimir Imprimir
Categoriasheader
» NATO - Iraque
 
» UE - TChad
 
» NATO - SNMG1 (Standing NATO Maritime Group 1)
 
» ONU - UNIFIL (United Nations Interim Force in Lebanon)
 
» UE - GUINÉ-BISSAU
 
» ONU - UNMIT (United Nations Integrated Mission in Timor-Leste)
 
» UE - ATALANTA - P3ORION
 
» NATO - OCEAN SHIELD
 
» UNIFIED PROTECTOR
 
» UE - EUFOR ALTHEA BiH (Bósnia-Herzegovina)
 
» UE - EUSEC RDCONGO
 
» ONU - UNMIK (United Nations Interim Administration Mission in Kosovo)
 
» NATO - ICELAND AIR POLICING
 
» NATO - BALTICS AIR POLICING
 
» NAM (NATO Assurance Measures) - ROMÉNIA
 
» NATO - International Security Assistance Force - ISAF
 
» ONU - MINUSCA (United Nations Multidimensional Integrated Stabilization Mission in the Central African Republic)
 
» ONU - UNMCOL (United Nations Mission in Colombia)
 
» NATO - OSG (Operation Sea Guardian)
 
» NATO - OAE (Operation Active Endeavour)
 
» NAM (NATO Assurance Measures) - LITUÂNIA
 
» NATO - KFOR (Kosovo Force)
 
» NATO - RSM (Resolute Support Mission) Afeganistão
 
» ONU - UNAMA (United Nations Assistance Mission in Afghanistan)
 
» ONU - MINUSMA (United Nations Assistance Multidimensional Integrated Stabilization Mission in Mali)
 
» EU - EUNAVFOR ATALANTA (European Naval Force Somalia)
 
» EU - EUTM SOMALIA (European Union military mission to contribute to the training of Somali security forces)
 
» EU - EUTM RCA (European Union Training Mission - República Centro-Africana RCA)
 
» EU - EUTM MALI (European Union Training Mission in Mali)
 
» EU - EUNAVFOR MED - European Union Military Operation in the Southern Central Mediterranean
 
» EU - FRONTEX - Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia
 
» NAM (NATO Assurance Measures) - LITUÂNIA
 
» Combined Joint Task Force - OPERATION INHERENT RESOLVE (CJTF OIR) - Iraque
 
Força Aérea Portuguesa no Mali
Força Aérea Portuguesa no Mali
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


CONCURSOS HFAR HFAR - Informação aos Utentes

NATO - SNMG1 (Standing NATO Maritime Group 1)



As forças navais da NATO-OTAN são forças navais multinacionais, que integram navios dos vários países aliados. Estes navios e os seus helicópteros estão permanentemente disponíveis para a NATO-OTAN executar diferentes tarefas, que vão desde participar em exercícios navais a intervir em missões operacionais.

Estas forças fornecem à NATO-OTAN uma capacidade marítima permanente para operações e outras atividades em tempo de paz seja em períodos de crise ou de conflito.

Por outro lado projetam a Aliança demonstrando a sua determinação bem como a sua natureza defensiva, adaptando-se à sensibilidade dos futuros desafios, contribuindo para uma estratégia coerente de tranquilidade, principalmente dos aliados mais exposto, e dissuasão permitindo enfrentar ameaças contra os aliados NATO.

Para além do já referido é também missão realizar ações de apoio humanitário e de solidariedade, realizar visitas diplomáticas e de rotina por diferentes países, apoiar e fornecer a sua grande variedade de capacidades militares, durante as missões em curso.

 


As suas raízes remontam a 1960, quando foi proposto que fosse criado um grupo tarefa Anti-Submarina da NATO.

No início de 1965, o Canadá, a Holanda, o Reino Unido e os Estados Unidos da América, responderam a esta proposta atribuindo, cada país, um navio por um período de cinco meses, realizando um conjunto de exercícios, os quaís foram batizados como "MATCHMAKER I".

Face ao seu sucesso, o cenário repetiu-se em 1966 e em 1967 com a realização do "MATCHMAKER II" e do "MATCHMAKER III" respetivamente.

No fim de 1967, o Comité de Planeamento de Defesa do Conselho do Atlântico Norte conduziu um processo para aprovação da Força Naval NATO, permanente, para o Atlântico.  O Supreme Allied Commander Atlantic (SACLANT)  foi autorizado então a ativar e operar com esta Força.

Nasceu assim a "NATO Standing Naval Force Atlantic" normalmente conhecida como STANAVFORLANT / SNFL, numa pequena cerimónia em Portland (UK) no dia 13 de janeiro de 1968. Cria-se assim, a 1ª Força Naval Internacional Permanente da NATO. Os participantes iniciais, incluíam os navios "HMS BRIGHTON", "HNLMS HOLLAND", "HNOMS NARVIK" e "USS HOLDER" aos quais se juntaram, em março de 1968, os navios "HMMCS GATINEAU" e "FGS KÖLN".

A 1 de janeiro de 2005 esta força passou a ser composta por dois grupos designados como "Standing NATO Response Force Maritime Group 1" e "Standing NATO Response Force Maritime Group 2" e posteriormente ajustados como "Standing NATO Maritime Group 1" (SNMG1) e "Standing NATO Maritime Group 2" (SNMG2).

Para além destas existem ainda duas forças de "Contra-Medidas de Minas" designadas por, Standing NATO Mines Counter-Measures Group 1 (SNMCMG1) e Standing NATO Mines Counter-Measures Group 2 (SNMCMG2).

Allied Maritime Command (MARCOM)- Página Oficial

 

PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA