Ministério da DefesaMapa das MissõesLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Sabado, 24.06.17 | 02h50
A A A  Imprimir Imprimir
CEMGFAheader
Força Aérea Portuguesa no Mali
Força Aérea Portuguesa no Mali
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


CONCURSOS HFAR HFAR - Informação aos Utentes

Notícias


brsaão COA

 

 COMANDO OPERACIONAL DOS AÇORES

_______________________________________________________________________

VISITA DE S.EXA. O MINISTRO DA DEFESA NACIONAL AO COMANDO OPERACIONAL DOS AÇORES

Sua Excelência o Ministro da Defesa Nacional deslocou-se à ilha
de São Miguel, no passado dia 17 de julho de 2015, onde visitou
o Comando Operacional dos Açores, sendo-lhe prestado cumprimentos
pelo Comandante Operacional dos Açores, TGEN Mourato Caldeira, que
fez uma apresentação da atividade operacional desenvolvida pelo COA
e das linhas mestras para os projetos a desenvolver por este Comando.

 

 

_________________________________________________________________________________

VISITA DO CURSO DE PROMOÇÃO A OFICIAL GENERAL

 

O CPOG 2014/2015, do Instituto Universitário Militar (IUM), visitou
a Região Autónoma dos Açores no período de 12 a 17 de julho de 2015,
ficando a conhecer presencialmente as especificidades do arquipélago.

 

 

 

Neste âmbito o CPOG 2014/2015 visitou o Comando Operacional
dos Açores no dia 16 de julho de 2015. Da visita constou a apresentação
de cumprimentos ao Comandante Operacional dos Açores, TGEN Mourato
Caldeira, uma breve apresentação com o objetivo de dar a conhecer aos
Oficiais do CPOG a missão, o enquadramento e atividades desenvolvidas
por este Comando, finalizando a visita com uma visita às instalações do COA.

 

_________________________________________________________________________________

 

COMEMORAÇÃO DAS FESTAS DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES

 

Decorreram nos passados dias 08 a 14 de Maio de 2015,

em Ponta Delgada, as tradicionais festividades em honra

do Senhor Santo Cristo dos Milagres às quais as Forças Armadas

se associaram, prestando homenagem numa celebração histórica

e icónica de devoção popular e tradição religiosa que acontece na

ilha de São Miguel.

 

 

As Forças Armadas prestaram honras à passagem da

Veneranda Imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres

no dia 09 de Maio, em frente ao forte de São Brás, marcando

ainda a sua saudação com a execução de salvas pelo

N.R.P. “João Roby”.

 

 

No dia 10 de Maio, o Comandante Operacional dos Açores,

TGen Mourato Caldeira, participou na procissão do Senhor

Santo Cristo dos Milagres, integrada nas festividades, que

percorreu as principais artérias da cidade de Ponta Delgada,

mostra da tradição religiosa na ilha de São Miguel.

 

 

 

De assinalar o concerto da Banda da Zona Militar dos Açores,

no dia 14 de Maio, no coreto do Campo de São Francisco,

marcando o encerramento destas festas religiosas que muito

prestigiam a região.

 

_______________________________________________________________________

EXERCÍCIO AÇOR 15

 

O Comando Operacional dos Açores conduziu na ilha de São Miguel,
Terceira, Santa Maria e Graciosa, no período de 20 a 24 de Abril de 2015,
o exercício militar conjunto AÇOR 15.


 

Este exercício teve como objetivo principal treinar as Forças Armadas sedeadas na Região Autónoma dos Açores na execução de missões de defesa militar em resposta a uma situação de crise, fazendo face a atentados à soberania nacional de âmbito restrito, limitado e de natureza assimétrica.

 

 

Contou com a participação do N.R.P. “Jacinto Cândido” do Comando da Zona Marítima dos Açores, dois Batalhões de Infantaria do Comando da Zona Militar dos Açores e das aeronaves C295 e EH101 em missão na RAA.

 

 

 

Conseguiu-se com este exercício testar e avaliar as diretivas e os planos existentes no âmbito da defesa militar de pontos e áreas sensíveis, sem descurar o treino de capacidades que podem ser requeridas no apoio à Proteção Civil e Outras Missões de Interesse Público.


______________________________________________________

COMANDO OPERACIONAL DOS AÇORES COMEMORA

O SEU 22º ANIVERSÁRIO NO DIA 26 DE FEVEREIRO DE 2015

 

Os atos protocolares realizados no dia 26FEV15, no âmbito da comemoração do 22º Aniversário do Dia do COA,

contemplaram três eventos: uma Missa de Sufrágio na Capela de S. Catarina, situada na residência oficial do

Comandante Operacional; seguindo-se uma Sessão Solene, no auditório do COA, tendo o Comandante Operacional,

TGen Mourato Caldeira proferido uma alocução, após o que foi lida a mensagem de S. Ex.ª o General CEMGFA,

seguindo-se uma cerimónia de imposição de condecorações. A sessão culminou com uma palestra proferida

pelo Coronel (Ref) Salgado Martins intitulada “A Primeira Guerra Mundial e a Literatura de Memórias”.

Concluindo-se com o tradicional Almoço de Confraternização. Estiveram nos referidos atos diversas entidades civis e militares,

das quais se destacam a Sr.ª Vereadora Eng.ª Luísa Vieira de Magalhães Sousa Moniz, em representação do Presidente da Câmara de Ponta Delgada,

os Comandantes de Zona ou seus representantes, representantes das Forças de Segurança e Generais na Reserva.

A comunicação social fez-se representar através a Agência Lusa e pelo Açoriano Oriental/TSF-Açores.


 

As comemorações do aniversário foram encerradas com a realização

dum concerto no passado domingo dia 01 de março.

Este teve lugar no Coliseu Micaelense, em Ponta Delgada,

contando com a participação da Banda da Zona Militar dos Açores,

incrementada com músicos das Bandas da Armada e da Força aérea,

para além de músicos pertencentes ao Conservatório

Regional de Ponta Delgada. O evento musical teve a presença de entidades

regionais, civis e militares, sendo ainda aberto à população

em geral.O concerto teve uma primeira parte sinfónica,

sob direção do Capitão-tenente Délio Gonçalves, e na segunda

parte contou com participação do Orfeão Edmundo Machado de Oliveira,

tendo então regência do Capitão-tenente Délio Gonçalves,

 do Sargento-chefe Oliveira (Exército) e da Maestrina Cristiana Spadaro.




______________________________________________________________________________________

 

 


COMEMORAÇÕES DO 96º ANIVERSÁRIO DO ARMÍSTICIO DA PRIMEIRA GRANDE GUERRA


No passado dia 11 de novembro de 2014, decorreu no jardim Tenente Coronel Francisco Borges da Silva, em Ponta Delgada, uma homenagem à memória de todos os Portugueses que defenderam a Pátria ao serviço das Forças Armadas, alguns com o sacrifício da  própria vida.

 


 

Esta cerimónia, de cunho Patriótico, foi presidida pelo Comandante da Zona Militar dos Açores, em representação do Comandante Operacional dos Açores, e contou com a presença da Secretária Regional  Adjunta da Presidência para os Assuntos  Parlamentares, em representação do Presidente do Governo Regional, bem como de altas entidades militares e civis locais, conferindo o brilho e a dignidade na evocação  de uma data com grande e profundo significado histórico para Portugal.


___________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

CERIMÓNIA DO DIA DE FINADOS

 

No passado dia 02 de novembro de 2014, decorreu em Vila Franca do Campo uma Homenagem aos militares falecidos em combate, integrada  nas  cerimónias promovidas pela Liga dos Combatentes. Desta cerimónia constou a celebração de missa de sufrágio na Igreja de São Pedro sucedendo-se a deposição de coroas de flores junto ao Talhão da Liga dos Combatentes, no cemitério de Vila Franca do Campo, onde se encontram inumados Combatentes falecidos em combate.



 

A cerimónia foi presidida pelo Comandante Operacional dos Açores e contou com a presença do Presidente da Câmara de Vila Franca do Campo, do Subsecretário Regional da Presidência para as Relações Externas, bem como de altas entidades militares e civis locais, tendo sido prestada  a devida homenagem aos Combatentes.

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________

CERIMÓNIAS EVOCATIVAS

DO CENTENÁRIO DA I GRANDE GUERRA

 

No passado dia 18 de Outubro de 2014, decorreu uma

Homenagem Nacional aos Mortos da Grande Guerra, com

cerimónias de cunho Patriótico, pretendendo homenagear

o sacríficio do Povo Português e em particular o dos seus

soldados que se bateram no Mar e nos

Teatros de Operações Africano e Europeu.

 

 

 

 

 

 A cerimónia, presidida pelo Representante da República para os Açores,

 o embaixador Pedro Catarino, contou com a presença da Secretária de Estado Adjunta

e da Defesa Nacional bem como do Comandante Operacional

dos Açores e de altas entidades militares e civis locais,

atribuindo a esta cerimónia singela o seu real valor representativo.

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

TENENTE-GENERAL MOURATO CALDEIRA ASSUME FUNÇÕES

COMO COMANDANTE OPERACIONAL DOS AÇORES

 

Teve lugar, no dia 10 de outubro, a cerimónia de Rendição de Comando do Comando Operacional dos Açores, com o Tenente-general Mourato Caldeira a substituir o Vice-almirante Mourão Ezequiel no cargo que ocupava desde junho de 2012.

 

 

 

 

A cerimónia foi presidida pelo Representante da República para a Região Autónoma dos Açores, Embaixador Pedro Catarino, e contou com a presença do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, General Pina Monteiro, e de outras altas entidades civis, eclesiásticas e militares.


Na mensagem exarada no Livro de Honra, o Embaixador Pedro Catarino referiu “ o profundo apreço pelas Forças Armadas, instituição estruturante do Estado, garantes da soberania, defesa, segurança do território e promoção dos valores nacionais e também pelo apoio sempre pronto e desinteressado prestado às populações que, no caso dos Açores, assume especial relevância dada a sua descontinuidade territorial”.

 

No seu discurso, o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, General Pina Monteiro realçou que “ a eficácia da capacidade de resposta das Forças Armadas resulta, também, da excelente relação institucional com as autoridades regionais num ambiente de cooperação e colaboração eficiente e, não poderia ser de outra forma, pois as Forças Armadas estão, como sempre, ao serviço dos portugueses, independentemente da sua localização geográfica”.