Cerimónia Militar do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

2024.06.11

​​​​​O Presidente da República, e Comandante Supremo das Forças Armadas, Marcelo Rebelo de Sousa, presidiu esta manhã ao ponto alto das comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas – a Cerimónia Militar. 

A cerimónia teve início com as Honras Militares regulamentares, seguindo-se a revista às Forças em Parada e a Homenagem aos Militares mortos ao serviço da Pátria, durante a qual foi realizado um sobrevoo de homenagem por uma esquadrilha de aeronaves F-16 da Força Aérea. 

O Excelentíssimo Senhor Rui Rosinha, Bombeiro da Corporação de Castanheira de Pera, uma das vítimas dos incêndios de 17 de junho de 2017, foi convidado pelo Presidente da República para discursar e, no seu discurso, agradeceu às Forças Armadas e aos seus militares pois “foram verdadeiros esteios para as populações da região” aquando dos incêndios de 2017. 

No seu discurso, o Presidente da República evocou a memória de Camões e enalteceu o papel das Forças Armadas, e dos seus militares, enquanto garante da independência Nacional, contribuintes ativos da paz global e edificadores da imagem de Portugal pelo mundo. 

A cerimónia encerrou com o sobrevoo de meios aéreos, desfile de Antigos Combatentes, desfile das Forças em Parada, Forças equipadas para combate e desfile motorizado com a participação de meios da Marinha e do Exército. ​