FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Domingo, 26.05.19 | 16h47
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


Linha de Apoio EMGFA

FRAGATA BARTOLOMEU DIAS PARTE PARA O MEDITERRÂNEO ORIENTAL A FIM DE INTEGRAR OPERAÇÃO DA NATO


7-04-2017

A fragata Bartolomeu Dias largou, dia 7 de abril, da  Base Naval de Lisboa para uma missão na região do Mediterrâneo Oriental com a duração de um mês, como parte do contributo de Portugal para a operação Sea Guardian (OSG), no âmbito da NATO, integrada no esforço internacional de segurança marítima e combate às atividades ilícitas no mar associadas ao financiamento do terrorismo transnacional.

A Operação Sea Guardian resulta da transformação da Operação Active Endeavour (OAE) numa operação Non-Article 5 Maritme Security Operation (NA5MSO), decorrente da Cimeira da NATO de Varsóvia, em Julho de 2016 e em virtude da situação operacional no Mediterrâneo se ter alterado havendo a necessidade de substituir o esfoço da missão de combate ao terrorismo por tarefas no âmbito da segurança marítima.

A participação da fragata portuguesa nestas tarefas irá ocorrer num período limitado, com o objetivo de incrementar o conhecimento situacional marítimo de uma forma mais robusta, designado de Focused Operations visando o reforço de vigilância naquele Teatro de Operações.

Algumas das tarefas a atribuir incluem: contribuir para a edificação de capacidades de segurança marítima, apoiar a comunidade marítima local contribuindo para um sentimento de segurança, defender a liberdade de navegação, realizar ações de abordagem e vistoria no mar, combater a proliferação de armas de destruição em massa e proteger infraestruturas críticas.

Durante a permanência no Mediterrâneo Oriental a fragata Bartolomeu Dias irá integrar um grupo tarefa sobre o comando tático da Marinha da Grécia, contando a força naval com unidades navais de Portugal, Itália, Turquia e Grécia e ainda um submarino da Turquia. Adicionalmente também em apoio à operação Sea Guardian mas integrada noutro grupo tarefa estará presente na área de operações em simultâneo, uma aeronave de patrulha marítima e reconhecimento P3C CUP + da Força Aérea Portuguesa, a operar a partir de uma base aérea em Itália.

A fragata Bartolomeu Dias é comandada pelo Capitão-de-fragata Hermínio Alberto Sousa Miranda e possui uma guarnição de 163 militares. O navio conta ainda com duas equipas do Pelotão de Abordagem dos Fuzileiros, que permitem conduzir ações de vistoria a navios, uma equipa de mergulhadores e um médico.

Fragata Bartolomeu Dias no Mediterrâneo participa no "Operation Sea Guardian". - 1979

Biografia do Comandate do NRP Bartolomeu Dias

Top