FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Domingo, 26.05.19 | 16h42
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


Linha de Apoio EMGFA

Navio da Marinha portuguesa em ação de busca e salvamento em São Tomé e Príncipe


25-06-2018

O navio patrulha “Zaire” da Marinha Portuguesa, em missão de capacitação da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe, prestou ontem, dia 24 de junho, apoio e assistência médica a uma embarcação de pesca que se encontrava na área de São Tomé e Príncipe.

Durante a tarde, o Centro de Operações da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe recebeu a informação de que a embarcação de pesca “Galerna”, com tripulação espanhola, encontrava-se a uma distância de 130 milhas a sul de São Tomé e Príncipe e necessitava urgentemente de assistência médica para um tripulante. Posteriormente foi solicitado o apoio e colaboração do navio da Marinha portuguesa que, após embarque de um médico santomense, largou de imediato para o mar, no sentido de intercetar a embarcação de pesca e prestar o apoio necessário.

A embarcação de pesca “Galerna” foi intercetada pelas 22h30, a cerca de 70 milhas a sul de São Tomé e Príncipe, sendo enviado para bordo da embarcação uma equipa constituída pelo médico santomense, um enfermeiro do navio e um oficial da Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe.

O cidadão, de nacionalidade espanhola com as funções a bordo de mestre da embarcação, que, foi avaliado pela equipa de saúde, tendo sido assegurado o quadro clínico estável e as respetivas necessidades médicas, sendo posteriormente recomendável que a embarcação efetuasse rumo a São Tomé e Príncipe para se proceder ao desembarque do mestre da embarcação para o hospital. O Centro de Operações da Guarda Costeira providenciou uma ambulância na chegada ao cais, que efetuou o respetivo transporte para o hospital.

O patrulha “Zaire” acompanhou a embarcação de pesca durante toda a navegação, tendo a equipa médica permanecido sempre com o mestre da embarcação até à chegada ao hospital Ayres de Menezes, em São Tomé e Príncipe.

O navio da Marinha portuguesa prossegue a sua missão de Capacitação da Guarda-costeira de São Tomé e Príncipe.

VER VÍDEO

Top