FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Domingo, 26.05.19 | 17h13
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


Linha de Apoio EMGFA

Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana


3-05-2019

Os comandos portugueses da 5ª Força Nacional Destacada, em missão na República Centro-Africana ao serviço das Nações Unidas, iniciaram esta semana uma operação no âmbito da estabilização da paz na localidade de Bouca, situada a 280 km a norte da capital Bangui.

Para além da missão prioritária, sempre presente, de proteção e segurança de civis na região, durante as próximas semanas os militares portugueses realizam ações de patrulha conjuntas com militares das Forças Armadas Centro-africanas (FACA), a fim de impedir ações ilegais relativas às atividades de transumância.

A presença, ainda, de elementos armados em diversas regiões do país, que disputam entre si recursos e a cobrança ilegal de impostos à população, são factores de perturbação e de ameaça à estabilidade, à segurança e à liberdade de circulação de pessoas e bens.

Relembra-se que de acordo com as resoluções em vigor do Conselho de Segurança das Nações Unidas, os pacificadores portugueses têm como tarefas prioritárias a proteção dos civis, o apoio ao processo de paz, facilitar a assistência humanitária e a proteção do pessoal, instalações, equipamentos e bens das Nações Unidas. O mandato da Missão Multidimensional Integrada das Nações para a estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA) prevê a tomada de ações que antecipem, dissuadam e respondam, de forma efetiva, a ameaças sérias e credíveis à população civil.

Portugal contribui para o esforço internacional de manutenção da paz na República Centro-Africana desde o início de 2017, com uma companhia de tropas especiais do Exército português, a operar a partir da capital Bangui como Força de Reação Rápida.

A atual Força Nacional Destacada, de 180 militares, é maioritariamente composta por tropas especiais Comandos, integrando igualmente militares de outras unidades do Exército e ainda três controladores aéreos avançados da Força Aérea.

Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana2 - 3035
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana3 - 3036
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana10 - 3044
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana5 - 3038
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana6 - 3039
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana9 - 3043
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana8 - 3041
Comandos empenhados em patrulhas conjuntas com militares das Forças Armadas da República Centro-africana12 - 3045

Top