FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Quinta-feira, 18.07.19 | 06h28
Você está aqui: Home » Notícias »
A A A  Imprimir Imprimir
NoticiasHeader
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


Linha de Apoio EMGFA

Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia


14-07-2019

A Força de Fuzileiros, da Marinha Portuguesa, projetada para a Lituânia a 1 de julho, já iniciou um intenso programa de ativação de capacidades, adaptação à área de operações e entrosamento com as forças lituanas. 

Têm realizado exercícios técnicos e táticos de tiro, de combate a curtas distâncias, com emprego de viaturas todo-o-terreno, de natação de combate e de operação de veículos autónomos. 

Durante as próximas semanas serão realizados exercícios complexos, centrados na costa do Mar Báltico, incluindo a realização de operações anfíbias, de combate em ambiente costeiro, de mergulho e de assalto a navios.

A Força de Fuzileiros dispõe de uma complexa matriz de capacidades, estruturadas num elemento de Projeção de Força e num elemento de Operações Especiais. 

O elemento de Projeção de Força está vocacionado para a realização de operações anfíbias e para outras ações em ambiente marítimo e costeiro, podendo desenvolver, inclusive, operações prolongadas em terra. Este elemento inclui uma equipa de mergulhadores sapadores, que suplementam a capacidade de reconhecimento de zonas costeiras e de realização de ações complexas de inativação de engenhos explosivos. 

O elemento de Operações Especiais, correspondente a uma unidade-tarefa gerada pelo Destacamento de Ações Especiais, de pequena dimensão, mas de grande capacidade, está capacitado para realizar ações no Mar Báltico e em terra, cobrindo um amplo espectro de tarefas, desde missões de combate e resgate até ações de reconhecimento e recolha de informação.

Antes de ser projetada para este teatro de operações, a Força cumpriu um plano de aprontamento focalizado, especificamente, na atuação no território da Lituânia e no Mar Báltico, face a ameaças convencionais, não-convencionais ou híbridas.

Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia 2 - 3140
Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia 3 - 3141
Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia 4 - 3142
Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia 5 - 3143
Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia 6 - 3144
Fuzileiros iniciam atividade operacional na Lituânia 7 - 3145

Top