FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Segunda-feira, 25.03.19 | 10h05
A A A  Imprimir Imprimir
CategoriasHeader
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


Linha de Apoio EMGFA

Estrutura do EMGFA


Estado-Maior-General das Forças Armadas

 Estrutura orgânica do Estado-Maior-General das Forças Armadas

1 - O EMGFA é chefiado pelo CEMGFA e compreende: 

a) O Adjunto para o Planeamento e Coordenação (ADJPC);

b) O Comando Conjunto para as Operações Militares (CCOM);

c) O Comando Operacional dos Açores (COA);

d) O Comando Operacional da Madeira (COM);

e) A Divisão de Planeamento Estratégico Militar (DIPLAEM);

f) A Divisão de Recursos (DIREC);

g) A Direção de Comunicações e Sistemas de Informação (DIRCSI);

h) O Centro de Informações e Segurança Militares (CISMIL);

i) A Direção de Saúde Militar (DIRSAM);

j) A Direção de Finanças (DIRFIN);

k) O Comando de Apoio Geral (COAG).

2 - No âmbito do EMGFA inserem-se ainda, como órgãos na dependência direta do CEMGFA e regulados por legislação própria:

a) O Instituto Universitário Militar (IUM);

b) As missões militares no estrangeiro.

3 - Em  estado  de  guerra,  podem  ser  constituídos comandos-chefes, na dependência do CEMGFA, com o objetivo de permitir a condução de operações militares, dispondo os respetivos comandantes-chefes das competências, forças e meios que lhes forem outorgados por carta de comando. 

 LEGISLAÇÃO - Decreto-Lei 184/2014 de 29 de dezembro - Lei Orgânica do EMGFA