FACEBOOK OficialHospital das Forças ArmadasLista das MissõesMarinhaExércitoForça Aérea
printBanner
Quinta-feira, 18.04.19 | 21h34
A A A  Imprimir Imprimir
CategoriasHeader
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
Militares do Exército da Força de Reação Rápida na operação da NATO “Resolute Support Mission”
header
Receba a nossa newsletter para estar a par de todas as nossas actividades.


Linha de Apoio EMGFA

Informação Institucional


        O Hospital das Forças Armadas - HFAR

 

1 - O HFAR é um estabelecimento hospitalar militar, que se constitui como elemento de retaguarda do sistema de saúde militar em apoio da saúde operacional, na direta dependência do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA), e constituído pelo Polo de Lisboa (HFAR/PL) e pelo Polo do Porto (HFAR/PP).

2 - Dependem do HFAR:

     a) Os Centros de Medicina Aeronáutica e Subaquática e Hiperbárica;

     b) O Centro de Epidemiologia e Intervenção Preventiva (CEIP);

     c) A Unidade Militar de Toxicologia (UMT);

     d) A Unidade de Tratamento Intensivo de Toxicodependência e Alcoolismo (UTITA).

3 - A estrutura orgânica e a estrutura funcional dos centros e das unidades referidas no número anterior são fixadas por decreto regulamentar.

4 - O HFAR/PL localiza-se no prédio militar sito na Azinhaga dos Ulmeiros, na freguesia do Lumiar, designado por Campus de Saúde Militar.

5 - O HFAR/PP tem a sua localização no espaço físico atualmente ocupado pelo Hospital Militar Regional n.º 1 (D. Pedro V), na Avenida da Boavista, no Porto, doravante designado por HMR1.

 

          MISSÃO

 

O HFAR tem por missão prestar cuidados de saúde diferenciados aos militares das Forças Armadas, bem como à família militar e aos deficientes militares, podendo, na sequência de acordos que venha a celebrar, prestar cuidados de saúde a outros utentes.

 

          ATRIBUIÇÕES

 

a) Prestar cuidados de saúde aos militares das Forças Armadas, independentemente da forma de prestação de serviço e da situação;

b) Prestar cuidados de saúde aos beneficiários da Assistência na Doença aos Militares das Forças Armadas;

c) Colaborar no aprontamento sanitário e apoio aos militares que integram as Forças Nacionais Destacadas ou outras missões fora do território nacional;

d) Colaborar na formação e treino do pessoal de saúde que integra as Forças Nacionais Destacadas e outras missões fora do território nacional;

e) Colaborar nos processos de seleção e inspeção médica dos militares das Forças Armadas;

f) Assegurar o provimento dos quadros técnicos de cuidados diferenciados em ordem de batalha, para efeitos de treino, exercícios e emprego operacional de unidades dos ramos das Forças Armadas;

g) Promover a cooperação e articulação com o Serviço Nacional de Saúde (SNS);

h) Assegurar ao pessoal de saúde as condições necessárias ao ensino, formação e treino pós-graduado e à formação em contexto de trabalho, na vertente hospitalar;

i) Apoiar ações de formação e de investigação e cooperar com instituições de ensino nestes domínios;

j) Articular com as estruturas do SNS e com as autoridades de proteção civil as modalidades de resposta às situações de acidente grave ou catástrofe;

k) Promover a cooperação com estabelecimentos de saúde de países terceiros, principalmente no espaço da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.  

 

          DIREÇÃO

 

1. A direção é composta pelos:

a) Diretor do HFAR;

b) Diretor clínico;

c) Subdiretor para o HFAR/POLO LISBOA;

d) Subdiretor para o HFAR/POLO PORTO.

2. No âmbito da coordenação técnica da atividade de enfermagem, a direção é coadjuvada pelo enfermeiro coordenador e pelos enfermeiros coordenadores adjuntos, que dependem funcionalmente daquele.

 

 

Hieráldica

 

     O novo brasão tem por símbolo principal um leão-marinho alado, capaz de se movimentar em terra, no ar e no mar, constituindo, por isso, uma figura que evoca os três ramos das Forças Armadas. Empunha na garra uma vara de esculápio, sendo esta o símbolo tradicional da medicina.

     Este brasão oficial foi declinado em vários modelos heráldicos, compostos pelo brasão e estandarte oficiais do HFAR, e pelo brasão e galhardete oficiais do Diretor daquela instituição.

     Este conjunto heráldico, tem por divisa a frase "Que glória alcance por saber cuidar", enaltecendo assim todos aqueles que estão envolvidos na superior missão de tratar as vidas humanas.

 Diário da República, 2ª série - Nº43 - 1 de março de 2013 - Despacho nº 3302/2013 - MDN